O que é a Osteopatia e porque deve recorrer a um Osteopata

O que é a Osteopatia? Porque deve recorrer a um Osteopata?

A Osteopatia é um tipo de terapia manual, não invasiva, que tem como objectivo o equilíbrio postural, funcional, dinâmico e a homeostasia do todo orgânico aplicando técnicas manuais manipulativas para restabelecer a normalidade funcional e dinâmica de articulações e tecidos moles (músculos, tendões, vasos sanguíneos, linfáticos, nervos e áreas viscerais).

Esta terapia baseia-se 4 conceitos básicos: Holismo, Estrutura vs Função, Auto-cura e Lei da Artéria. Tem um método de diagnóstico próprio designado por ART no qual o Osteopata avalia todas as Assimetrias Corporais, as Restrições de Movimento e também os Tecidos Moles.

Diferencia-se das restante terapias por não se focar apenas na região da dor, mas sim em tratar a causa da mesma. Como o faz? Trata as disfunções, agudas ou crónicas, geradoras de compensações do sistema músculo-esquelético que originam a dor.

Os Osteopatas não tratam lesões mas sim disfunções somáticas. Designam-se por disfunções somáticas as alterações à normalidade dos tecidos moles e articulares causadas pelas compensações voluntárias e involuntárias às ações a que sujeitamos diariamente o nosso corpo. As compensações geram disfunções estruturais que restringem os movimentos e quando não tratadas provocam lesões, a esta sequencia de fenómenos chama-se cadeia lesional. Em suma, o Osteopata trata da causa das dores através de técnicas de terapia manual devolvendo a função às estruturas onde atua prevenindo assim, o aparecimento de lesões ou acelerando o processo de tratamento das mesmas.

Em que situações é que a Ostepatia lhe pode ser útil?

  • Dores na coluna vertebral (cervicais, dorsais, lombares);
  • Dores nos ombros, cotovelos, coxas e joelhos;
  • Ombros congelados (dificuldade em mexer o ombro geralmente acompanhado de dor severa);
  • Hérnias discais cervicais, dorsais e lombares;
  • Dor ciática;
  • Síndrome do Desfiladeiro Torácico;
  • Síndrome do Túnel Cárpico;
  • Formigueiro e/ou adormecimento das mãos ou pés;
  • Tendinites;
  • Entorses ou sequelas de entorses;
  • Enxaquecas persistentes;
  • Refluxo gástro-esofágico;
  • Aliviar sintomas e melhorar mobilidade em casos de Esclerose Múltipla.



Avaliação e Tratamento da Verdadeira Causa da sua Dor.

Agende a sua Consulta de Osteopatia com um Especialista.